quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Como Fazer Velas Artesanais

Como Fazer Velas Artesanais

COMO FAZER VELAS ?


A fabricação de velas atrai grande número de empreendedores e, portanto, concorrentes.
Entretanto, mesmo com concorrência significativa, a fabricação de velas artesanais oferece muitas oportunidades para o pequeno empreendedor.
Para ter sucesso e estar diferenciado no mercado é preciso saber trabalhar com ou sem muitos recursos( equipamentos ), e ter em mente que o principal é usar de muita criatividade.

Materiais e equipamentos para fabricar Velas


SUGESTÃO
Exercite a criatividade elaborando velas pintadas a mão, com as mais diversas formas.
Se você quiser diversificar sua produção e não tem medo de investir em novos equipamentos, considere a  fabricação de velas litúrgicas e de aniversário.
OS EQUIPAMENTOS BÁSICOS:
·           Panela com água para o Banho-Maria ou recipientes de vidro refratário para derreter a parafina
·           Termómetro (recomendado)
·           Moldes – qualquer recipente pode servir de molde, desde que não seja afunilado em cima.
·           Corante à base de água
·           Formas em alumínio
·           Exemplo: copos de vidro ou plástico, formas de pudins ou bolinhos, etc.
·           Existem moldes “comerciais” que se encontram em lojas da especialidade.
·           Colher de pau
·           Cortadores ou facas diversas.
·           Pavios artesanais parafinados
·           Tabuleiro ou uma superfície lisa
·           Recipiente para derreter a parafina.
·           Exemplo: lata de frutos, feijão, etc.


Tipos de velas


·           Velas coloridas
·           Velas de estearina
·           Velas de parafina
·           Velas de aniversário
·           Velas de Liturgia
·           Velas para Rechaud


Suporte Adequado

Observe sempre com atenção o tipo de vela (tamanho e forma) para a escolha do suporte.
Um dos maiores problemas observados durante a queima da vela é que a parafina derramada normalmente ultrapassa os limites do suporte,isto pode prejudicar moveis, toalhas ou mesmo provocar incêndio.
Dicas na fabricação de velas
As forminhas precisam ser resistentes ao aquecimento
Cuidado a parafina é combustível.
A mistura irá derreter a uma temperatura de 65 a 80 °C, acima desta temperatura a essência vai evaporar e, abaixo a parafina já estará em processo de solidificação.
A proporção adequada de essência é de 3 a 5% da quantidade de parafina, pois, a parafina tem uma capacidade limitada de absorção de essência, quando colocada em excesso é formada na base da vela uma camada oleosa e com falhas.
Para ter uma vela bem cheirosa, utilize essências bem concentradas e de boa qualidade (não quantidade).
A adição do ácido esteárico facilita a retirada da forminha, e a vela derrete mais lentamente, fica mais resistente.
As velas podem ser compostas até 40% de ácido esteárico para 60% de parafina, porém o ácido esteárico aumenta o custo do material.
Vela Básica I
Junte a parafina, a cera micro e a estearina e aqueça até 80º C.
Adicione o corante e a essência de sua preferência e coloque na forma escolhida.
Aguarde o resfriamento até que a parafina se contraia e forme um buraco junto ao pavio ou arame.
Introduza os toquinhos junto ao pavio e complete com a mesma parafina (o que sobrou) aquecida até 90º C.
Aguarde o resfriamento total, retire da forma e de o acabamento.
Fogo na Parafina
·           Quando a parafina chega aos 190 ºC
·           pode auto inflamar-se.
·            
Se a parafina incendiar, NUNCA USE ÁGUA para apagar o fogo.
Desligue o fogão ou retire a panela e tampe o recipiente.
Nào trabalhe se crianças ou animais de estimação estiverem no local


Vela Básica II 


Matérias primas necessárias:
- 2 kg de parafina branca em pó (com cera micro);
- Formas de alumínio cilíndricas ou galvanizadas quadradas;
- 100 ml de desmoldante (óleo mineral);
- 10 m de pavio redondo com núcleo de cobre ou chato;
- 50 ilhós de metal ou pavio duro 18 cm com ilhós.
Opcional: Essências multiuso, anilinas, acabamentos, etc.
Utensílios de trabalho:
·            Panela usada ou kit banho-maria com 3 peças;
·            Guia para pavios;
·            Pincel;
·            Termômetro.
Procedimentos:
Colocar a parafina na panela e aquecê-la em banho-maria até ficar totalmente líquida;
Com um pincel, untar bem a forma com o desmoldante;
Colocar o ilhós no pavio (com 15 cm). Centralizar no fundo da forma e colocar um pouco de parafina para segurar o ilhós.
Feito isso, esperar alguns segundos;
Colocar a parafina derretida na forma já preparada (untada e com a guia centralizando o pavio);
Bater levemente na parte de fora da forma para que as bolhas de ar subam e não danifiquem a vela;
Para nivelar a superfície da vela, resultado da contração da parafina ao resfriar, preencher o buraco com mais parafina;
Deixar a forma e a parafina secar totalmente e retirar com cuidado a vela da forma.
Acabamentos:
Varia conforme sua imaginação. Acrescente essências, cores, enfeites, etc… 


Se você gostou das dicas e receitas de velas, compre a apostila, que contém mais de 25 receitas incríveis e muitas dicas para você  iniciar um ótimo e lucrativo negócio sem sair de casa!


A Apostila de Velas Artesanais está disponível no site a seguir:


Coisinhas Arteiras




sábado, 29 de junho de 2013

Sabonete artesanal

Hoje postarei uma receita de como fazer sabonete artesanal.


                                                 


Materiais: 
- 1 Kg de glicerina ou sabonete cold process (vide receita abaixo)
 - Ralador de queijo
 - Pirex 
- Vidro de 100 ml de anilina
 - Vidro de 100 ml de essência 
- 2 pacotes de semente de maracujá 
 - 1 pacote de flor de lavanda seca
 - 1 pacote de flor de camomila seca 
 - Cesta de madeira
 - Papel manteiga
 - 1 copo de água quente.
 Passo a passo:
 1- Rale o quilo de sabonete cold process ou a barra de sabonete glicerinado já pronta e coloque na tigela; 2- Adicione a essência e o corante ao sabonete ralado 
3- Adicione a água quente para dar liga à massa; 
4- Faça bolas de vários tamanhos; 
5- Passe uma bola ainda úmida no prato com as sementes de maracujá, outra nas flores de lavanda e uma terceira bola nas flores de camomila 
6- Deixe secando enquanto fizer as bolas comuns, sem passar em ervas. 
Receita do sabonete Cold Process:
- Primeiro prepare a soda cáustica. Em um pote de vidro ou plástico adicione a soda cáustica à água (nunca ao contrário) 
- Numa outra vasilha de plástico ou vidro adicione os óleos
 - Numa panela, derreta a banha e adicione os óleos para que a mistura fique uniforme 
- Quando a soda cáustica e a mistura dos óleos alcançarem a temperatura de 100 graus, misture a soda cáustica aos óleos 
- Imediatamente, ligue o mixer até que a mistura alcance o ponto de "risco" 
- Agora é a hora de adicionar a fragrância e a anilina; 
- Transporte a mistura para a forma de silicone e cubra. Deixe descansar por 24 horas
 - Desenforme e corte no dia seguinte 
OBS 1: Essa receita pode ser substituída por barras prontas de sabonete de glicerina compradas em lojas de artesanato.) 
 OBS 2: O sabonete deve ser utilizado apenas 30 dias após sua confecção.


Se você gostou e quiser mais receitas de sabonetes, adquira aqui a sua Apostila de Fabricação de Sabonetes Artesanais e receba mais de 30 receitas incríveis de sabonetes  e muitas dicas e ganhe muito dinheiro!A Apostila está disponível no seguinte site




Coisinhas Arteiras